CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

terça-feira, 13 de março de 2018

PUBLICADA A VERSÃO CHINESA DO “GUIA PRÁTICO PARA A ANÁLISE DO ATENDIMENTO AO CÓDIGO FLORESTAL” BRASILEIRO


No 13 Março 2018, a BVRio e CDP publicaram a versão chinesa do Guia prático para a análise do atendimento ao Código Florestal. O guia tem como objetivo de ajudar os compradores chineses de commodities florestais e agrícolas a verificarem o atendimento ao Código Florestal brasileiro nas suas cadeias de suprimento. A versão original do guia foi desenvolvida por BVRio, Proforest e IPAM, sob a égide do Observatório do Código Florestal. A versão chinesa foi traduzida por BVRio e CDP, com apoio de NORAD. ARTIGO NA INTEGRA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

RODA DE CONHECIMENTO NA REDE BRAGANTINA

Educação para o Bem Viver melhorando a gestão do empreendimento econômico solidário Café em Rede da Rede Bragantina Cuidar dos clientes ...