CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

ESCOLA ECRAMA



Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades  Rurais Amazônica – ECRAMA 

A ECRAMA é uma escola de educação para a vida e o trabalho no campo, que nasce da percepção dos agricultores familiares organizados em associações e cooperativa, em parceria com organismos governamentais não governamentais, e tem como entidade mantenedora a Obras Sociais da Diocese de Bragança. A ECRAMA faz parte de um projeto mais amplo de educação, capacitação continuada do Centro CEDIAM, localizado a 13 km da sede do município de Santa Luzia do Pará, na 11ª Travessa da Colônia Montenegro, município de Bragança, em uma propriedade de 65 hectare, estruturada para contribuir com a formação e a capacitação de homens e mulheres, jovens e adultos, agricultores familiares, quilombolas e assentados de reforma agrária do território Nordeste Paraense.

A Escola ECRAMA, tem seu projeto político e pedagógico estruturado a partir das disciplinas da Base Nacional, transversalizada por três eixos pilares interdependentes: 

Agroecologia: Como ciência em construção, busca entre o saber dos agricultores e o conhecimento científico se propõe a responder aos desafios da produção e do desenvolvimento sustentável. 

Participação & Gestão: A crise da sociedade alicerçada na industrialização e na competição sinaliza também a necessidade da busca de novas formas de organizar as relações entre os indivíduos, a economia e a sociedade.  As atividades educativas da participação que visam romper e superar ações isoladas, e tem como meta a conquista de cidadania social, e a contribuição para um projeto de sociedade orientado para relações econômicas solidarias. 

Mística: Do individuo multidimensional e conjuntivo: como trabalho que visa romper o determinismo e afirmar a importância da afetividade para o equilíbrio da racionalidade, desenvolver a espiritualidade (a auto-estima, a afetividade, a ética, e valores para relações grupais e coletivas), perceber, responder, re-elaborar situações, crenças, valores e atitudes como aprendizagem necessária para sua inserção ativa de homens e mulheres como agente de mudança. 

 CENTRO CEDIAM – ESCOLA ECRAMA 

MISSÃO 

Promover a educação básica e profissionalizante 

 Animar, buscar coletivamente e desenvolver estratégias de desenvolvimento com a população do campo, tendo como principio ações educativas multidisciplinar e continuada 

 Compreender a Escola além de um espaço institucionalizado, para interagir conhecimento e saberes no universo onde vivem e trabalham os agentes da educação do campo,  fazendo acontecer na prática e no cotidiano de suas ações 

LINHAS DE AÇÃO CENTRO CEDIAM 

Na perspectiva de promover um processo educativo amplo, inclusivo e totalizante adotamos 4 linhas de ação: 

Linha 1: Formação e capacitação continuada de jovens para o Ensino Fundamental e Médio profissionalizante em Agroecologia

Linha 2: Formação e capacitação continuada com vistas a re-elaboração de estratégias da convivência com os diferentes agroecossistemas, ao uso de tecnologias apropriadas a produção  e transformação de produtos, do artesanato utilitário, artístico e políticas públicas

Linha 3: Formação e capacitação continuada para gestão da propriedade familiar, administração contável e fiscal dos Empreendimentos Associativos 

Linha 4: Formação e capacitação continuada com vistas a dinamizar processos integrativos na Rede da Economia Solidária e do Comércio Justo. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...