CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

LOGOMARCA



 NOSSOS EIXOS


COMERCIALIZAçÃO
Comprar, vender e consumir estabelecendo relações éticas para promover a sustentabilidade dapropriedade familiar e dos empreendimentos associativos de economia solidária e do comércio justo.
AGROECOLOGIA
Produzir com respeito às culturas, as sinergias da natureza, valorizando os agroecossistemas locais, a segurança alimentar e o desenvolvimento sustentável. Para celebrar a generosidade da Mãe Terra, na colheita do fruto e do nosso trabalho.
ARTESANATO
Valorizar o saber e os produtos da sociobiodiversidade da Amazônia com o protagonismo das comunidades tradicionais no uso e preservação dos recursos do meio ambiente e construção da Economia Solidária.
GENERO E ETINIA
Combater e denunciar a violência, o racismo e a discriminação contra todas as formas de vida. Lutando por ações e práticas afirmativas de educação, saúde, emprego e participação política.
CIDADANIA
Contribuir para geração e organização do trabalho, tendo como base os princípios da autogestão, a educação continuada, o controle das políticas públicas e a participação na sociedade. Pois, acreditamos que a existência humana é inteireza, e precisa de pão, de beleza, de alegia, de arte, de cultura, de amor.
AGROINDUSTRIA
Promover a integração entre o campo e a cidade, para transformar produtos da Agricultura Familiar e da Sociobiodiversidade das comunidades tradicionais, agregando valor ao produto e o trabalho dessa população.
EDUCAçÃO
Desenvolver atividades educativas de capacitação e formação, com a população do campo e da cidade, como base para a democracia econômica, política e social, em favor da Paz e do cuidado com os empobrecidos.





CONSTRUINDO NOVAS RELAÇÕES DE PRODUÇÃO, CONSUMO, VIVÊNCIAS ÉTICAS E SOLIDÁRIAS NO CAMPO E NA CIDADE



Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...