CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

sexta-feira, 11 de julho de 2014

REVISTA SOBRE ALIMENTOS AGROECOLÓGICOS E ORGÂNICOS



Lançada esta semana, a terceira edição da revista Ideias na Mesa traz como tema os alimentos orgânicos e agroecológicos. A reportagem apresenta um panorama sobre o crescimento do cultivo e do consumo desses alimentos no Brasil. A edição traz a perspectiva de que o país, a exemplo do que ocorre no mundo, conta com um público consumidor cada vez mais exigente no que se refere a alimentos seguros e saudáveis, ao mesmo tempo em que ainda persistem mitos sobre o modo orgânico de produção, tido muitas vezes como caro e elitizado.
Acesse a versão eletrônica da revista Orgânicos para todos

Participaram da publicação especialistas, pesquisadores, produtores e o consumidor, representado por um grupo de cidadãos do Rio de Janeiro - que se uniram para comprar direto do agricultor orgânico, obtendo, assim, melhor preço e maior controle sobre a origem da produção.

A publicação também apresenta experiências bem-sucedidas de produtores brasileiros que vivem da terra de maneira sustentável, produzindo com qualidade e preservando o ambiente.

A revista conta histórias de agricultores da Região Metropolitana do Rio de Janeiro que participam do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas; dos cafeicultores de Araponga, na Zona da Mata Mineira, que exportam o café orgânico; da produção agroflorestal em Brasília; e dos bancos de sementes crioulas na Paraíba.

A edição traz ainda entrevista com Paulo Petersen, membro da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia), sobre os desafios e perspectivas do setor; matéria com ações públicas de apoio à produção, ao abastecimento e ao consumo de alimentos orgânicos ou de base ecológica; além de indicações de sites, vídeos e publicações para que o público conheça mais sobre a produção e a comercialização de produtos agroecológicos e orgânicos no país.

A revista é uma publicação periódica da Rede Virtual Ideias na Mesa, fruto de parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutricional da Universidade de Brasília (Opsan-UnB).

Fonte: Ascom/Ideias na Mesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...