CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

domingo, 13 de julho de 2014

FEIRA DE SANTA MARIA DE 17 À 20 DE JULHO 2014



TODOS/AS ESTÃO CONVIDADOS/AS, para a  21ª FEICOOP – Feira de Santa Maria “Uma Experiência Aprendente e Ensinante” e   10ª Feira Latino  Americana  de Economia Solidária, um dos maiores Eventos da  América  Latina , em Santa Maria, RS, Brasil.
Desde 1994, realizam-se estes importantes eventos do Cooperativismo e da Economia Solidária, em Santa Maria, a Capital  Mundial da Economia Solidária e do Cooperativismo Autogestionário como “O Maior Evento da Economia Solidária  da América Latina.

É um grande espaço de articulação, debate, troca de idéias, experiências de Comercialização Solidária Direta dos Empreendimentos Solidários da Economia Solidária, da Agricultura Familiar Camponesa, das Agroindústrias Familiares, dos Catadores/as, dos Povos Indígenas,dos Trabalhadores/as do Campo e da Cidade, na Metodologia Autogestionária, do Fórum Social Mundial e na construção de “Um Outro Mundo Possível”
 É, também, um grande espaço de articulação Nacional e Internacional, onde o Trabalho e a Organização Solidária, através do FBES (Fórum Brasileiro de Economia Solidária) e dos Fóruns Regionais  e  locais  da Economia Solidária, estão acima do capital, motivando assim a consciência de um Comércio Justo, Consumo Ético e Solidário, no fortalecimento da Segurança Alimentar Nutricional Sustentável. Firmam-se  também  práticas e convicções importantes, como a não comercialização de produtos com aditivos químicos, agrotóxicos, nenhum tipo de refrigerante ou cerveja industrializada, e nem o  consumo  de  cigarros, motivando o consumo de produtos Naturais, Ecológicos como sucos, caldo de cana, água potável, chimarrão, alimentação sadia e natural, em favor da Qualidade de Vida e Saúde dos produtores/as  e  consumidores/as.
Nesta perspectiva se fortalecem as práticas  e forma de Consumo consciente e  Trabalho Solidário, também do uso dos bens naturais, como os grandes “Patrimônios da  Humanidades”.
Este espaço oportuniza e fortalece a construção de um Novo Modelo de Desenvolvimento Solidário, Sustentável e Territorial, da Construção de uma Sociedade: Socialmente Justa, Economicamente Viável, Ambientalmente Sadia, Organizadamente Solidária e Cooperativada, Politicamente Democrática, Fortalecendo a Cultura da Solidariedade e da  Paz,  na certeza de que  “Uma  Outra  Economia já   Acontece”.
A Feira  de Economia Solidária, faz parte do Programa Nacional de Feiras – Feiras em Rede, Projeto  Esperança/Cooesperança, Banco da Esperança da Arquidiocese de Santa Maria, Cáritas  Brasileira, Cáritas/RS, FBES (Fórum Brasileiro de Economia Solidária), FGES (Fórum Gaúcho de Economia Solidária), IMS (Instituto Marista de Solidariedade), SENAES/MTE, Conselhos  Populares,  Prefeitura Municipal de Santa Maria  e  muitas organizações de Santa Maria, do RS, do Brasil,  da América Latina  e  outros  Continentes.
É um Evento Mundial de Economia Solidária: Uma Experiência Aprendente  e Ensinante, que faz parte da metodologia do FSM  (Fórum Social Mundial), e fortalece a  construção de  “Um Outro Mundo Possível” e de “Uma Outra Economia  que  Já  Acontece”.
Este Evento faz parte do Calendário Nacional de Feiras, Feiras em Rede de Economia Solidária, e do Projeto Nacional de Comercialização Solidária e das principais atividades anuais do Projeto Esperança/Cooesperança da Arquidiocese de Santa Maria – RS – Brasil.

Para contatos e Inscrições:
PROJETO ESPERANÇA/COOESPERANÇA                   
Rua Silva Jardim, 1704 – 97.010-490 – Santa  Maria  – RS
Telefone: 55 3219-4599/3223-0219 Ramal  16  55-9979-7087

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...