CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

FEIRA DE TROCA DE SEMENTES CRIOULAS

A Feira de Troca de Sementes Crioulas no congresso latino-americano de agroecologia, iniciou com as palavras de Terezinha Dias, pesquisadora da Embrapa: “Sejam bem vindos, guardiões da agrobiodiversidade!”
Neste primeiro dia de feira, 13 de setembro, teve a fala do líder indígena Batista Krahô, em língua original, agradecendo o evento e a troca de saberes.
 “Participam da feira agricultores familiares, indígenas e povos tradicionais. Essas são as sementes da resistência. Semente crioula é identidade, cada uma conta a história de um povo”, destacou Antonio Brabosa, coordenador do programa de sementes do semiárido da ASA (Articulação do Semiárido).
O guardião de semente Josué Faustino de Souza, artesão e agroextrativista da Chapada dos Veadeiros, afirmou: “Não sou contra o desenvolvimento, sou contra o desenvolvimento que destrói a vida”.

Na sexta-feira, segundo e ultimo dia da programação da feira de semente crioulas, às 14h, no auditório ipê amarelo, teve a premiação para os guardiões que trouxeram a maior variedade de sementes. O troféu é uma cabaça pintada por voluntários do congresso.


Representantes da escola ECRAMA participando da feira de semente crioula

Nenhum comentário:

Postar um comentário

XVI CONGRESSO DA SOCIEDADE INTERNACIONAL DE ETNOBIOLOGIA

O XVI Congresso da Sociedade Internacional de Etnobiologia, em conjunto com o XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia, será...