CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

sábado, 15 de setembro de 2018

PRODUÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEL



A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes e Sabores, em parceria com o Instituto Vitoria Regia, realiza nesta sexta feira 14 de setembro, primeiro momento de formação previsto no projeto: Produção e Consumo Sustentável: aliança campo & cidade.
Esta ação, realizada do auditório cedido pela IBAMA, faz parte do projeto financiado pelo FUNDO SOCIOAMBIENTAL CASA, e teve como tema “O direito à cidade e alimentação saudável”. Palestrante a Dra. Tatiana Deane Sá de Abreu – Núcleo Puxirum Agroecológico – EMBRAPA/Cpatu.
Participam da atividade, equipe da Rede Bragantina – ponto de comercialização Belém, representantes dos outros grupos e associações que atuam na região, bem como o Sr. Lucas, articulador estadual das ações previstas no projeto Fundo Ambiental Casa.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...