CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

sexta-feira, 24 de março de 2017

CURSO TÉCNICO EM AGROINDUSTRIALIZAÇÃO

Nesta sexta-feira, 24 de março 2017, os 5 jovens da associação ATAVIDA e cooperativa COOMAR, apresentam o trabalho de conclusão do curso cujo os mesmos participaram, JUVENTUDE RURAL, projeto de formação técnica e profissional em agroindustrialização. O evento foi realizado no IFPA campus Castanhal onde, desde o início do 2016, cerca de 50 jovens, em representança de associações e cooperativas instaladas no Território Nordeste Paraense e baixo Tocantins, participam deste curso que tem como objetivo principal capacitar jovens para atuarem nos próprios empreendimentos, na área de transformação dos produtos da Agricultura Familiar.

Os jovens Nilton, Messias, John Lenon, Deyse e Izeunice apresentando o trabalho 


Presidente da COOMAR Vrancinei e Vicente assessor da Rede Bragantina, junto aos 5 jovens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...