CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

LICOR DE AÇAÍ É LANÇADO HOJE NA FEIRA DE ARTE, SABORES E DA AGROBIODEVISADADE NA LOJA CAFÉ EM REDE


Hoje  sexta feira, das 16h às 21h, em sua loja Café em Rede, Tv Lomas Valentinas,1126, bairro da Pedreira, Belém - PA, durante a feira de Artes e Sabores e da Agrobiodiverdade


Com Musica, poesia Fotografia, café com tapioca, produtos agroecológicos, artesanato, comida regional, plantas medicinais e ornamentais.  E lançamento do Licir de Açaí, feira de Arte, Sabores e da Agrobiodevisadade  na Loja Café em Rede, a partir da 16h.

O açaí é considerado um superalimento por ser uma das fontes mais ricas de antioxidantes, sendo muito utilizado para fazer bebidas, geleias, doces, sorvetes e licores.

O açaí possui propriedades antioxidantes, depurativas, estimulantes e anti-inflamatórias, possuindo, assim, diversos benefícios, como:

A agrobiodiversidade é o conjunto de espécies da biodiversidade utilizada pelas comunidades locais, povos indígenas e agricultores familiares. Estas diferentes comunidades conservam, manejam e utilizam os diferentes componentes da agrobiodiversidade.



A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores, trabalha com princípios e práticas da Agricultara Familiar, agroecologia, produção orgânica e economia solidária, valorizando os saberes e a cultura dos povos do bioma Amazônico, visando desenvolver e fomentar ações coletivas de produção, comercialização e consumo consciente, com homens e mulheres do campo e da cidade.

O projeto Produção e Consumo Sustentável: Aliança Campo & Cidade para uma Comercialização Solidária do campo a mesa, financiado pelo Fundo Casa/Fundo Socioambiental Caixa com o apoio do Instituto Vitória Régia. Através do projeto prevemos a implantação de estratégias de marketing e gestão da comercialização.

A programação contará ainda  com um tributo ao sempre solidário Ademar Bertucci que dedicou sua vida ajuadar na organização de iniciativas de empreendimentos econômicos solidários e de maneira especial os Fundos Rotativos Solidários.

Teremos a participação mais que especial do  O grupo de cultura regional Iaçá é uma Associação Civil Cultural, sem fins lucrativos, fundada em agosto de 1997, sediada em Belém. É consolidada por diferentes expressões artísticas, como a dança regional, música e teatro popular (Pássaro Junino Ararajuba).
Em 20 anos de história o grupo musical realizou mais de mil apresentações na capital, no interior e fora do Estado do Pará; lançou os CDs “Um canto para Iaçá” (2002), “Roda de Carimbó” (2007) e agora o “Roda de Cores”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...