CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

domingo, 22 de junho de 2014

Quiosques vendem produtos da agricultura familiar nas cidades-sedes da Copa



Turistas e consumidores das cidades de Fortaleza, Rio de Janeiro, Natal, Brasília, Recife e Curitiba terão a chance de conhecer os produtos da agricultura familiar e da produção orgânica, promovidos pela Campanha Brasil Orgânico e Sustentável, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A ação permite que agricultores familiares e produtores orgânicos divulguem e comercializem seus produtos em quiosques localizados nas cidades-sede da Copa do Mundo.

Na capital cearense, a unidade começou a funcionar na segunda-feira (16), no Parque do Cocó, e reúne empreendimentos que irão vender biscoitos, chips, cookies, granolas, castanhas, compotas, doces e geleias, entre outros produtos.


Na terça-feira (17), foi inaugurado, em Copacabana, o quiosque do Rio de Janeiro, onde são comercializados sucos, vinhos, castanhas de caju, café torrado e moído, geleias, antepastos, goiabada e cachaças. Natal recebeu o quiosque na quarta-feira (18). Nesta quinta-feira (19) foi a vez de Brasília. Em Recife, a inauguração será nesta sexta-feira (20); e em Curitiba, no sábado (21).

São Paulo, Manaus, Salvador e Porto Alegre já abriram seus espaços. No total, são 60 empreendimentos familiares que juntos representam cerca de 25 mil famílias agricultoras de todo o país. Cada quiosque terá seis empreendimentos familiares com uma lista variada de produtos que expressam a produção e a pluralidade brasileira. Os espaços perm anecem até o dia 27 deste mês, em datas variadas e com duração de uma semana em cada cidade-sede.

O Brasil Orgânico e Sustentável tem o objetivo de incentivar a comercialização e o consumo de produtos orgânicos e da agricultura familiar antes, durante e após a Copa de 2014. A iniciativa quer chamar também a atenção de consumidores e empresários para a variedade de sabores e a qualidade dos produtos da agricultura familiar e mostrar as vantagens dos produtos orgânicos para a vida das pessoas e do planeta.

Outra ação da campanha é a distribuição de kits lanches para as pessoas que integram o Programa Brasil Voluntário, do governo federal. Em todo o Brasil, até 18 mil voluntários que trabalharão nas cidades-sede receberão o kit composto por frutas desidratadas, barras de cereal com castanha de baru e açaí, biscoito integral, banana passa orgânica, castanhas do Brasil e de baru, mel e sucos orgânicos.

O Brasil Orgânico e Sustentável é uma iniciativa do governo federal, realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a Agência de Cooperação Alemã (GIZ), o Instituto de Promoção do Desenvolvimento (IPD), o Programa das Nações Unidades para o Meio Ambiente (Pnuma) e a Associação Brasil Orgânico e Sustentável (Abrasos). Conta também com o apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc).

O Brasil Orgânico e Sustentável integra as iniciativas sustentáveis do governo federal na Copa do Mundo de 2014, junto com as ações de Certificação e Gestão Sustentável das Arenas, Campanha Passaporte Verde, Resíduos e Reciclagem e Mitigação e Compensação de Emissões. A Agenda de Sustentabilidade inclui também ações em parceria com prefeituras e governos estaduais. Para saber mais, acesse: www.copa2014.gov.br

Fonte: Ascom/MDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...