CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

domingo, 29 de março de 2015

SEMINÁRIO REÚNE MULHERES NEGRAS DO PARÁ



Racismo, violência e bem viver, são os temas debatidos no Seminário Estadual de Marcha das Mulheres Negras, realizado neste sábado 28 de março, no auditório do Museu Paraense Emílio Goeldi, em Belém. Além de rodas de conversa, a programação do seminário contou com oficinas de turbantes e de confecção de bonecas Abayomi, exibição de documentários, exposição ParÁfrica e a I Mostra da Feira Feminista Negra e Solidária. 
Um bom numero de mulheres participaram do evento, promovido pelo Comitê Impulsor do Pará da Marcha das Mulheres Negras 2015. Durante a parte da manhã e tarde rodas de conversa, dividindo o tempo com as oficinas e exibição de documentários.
As participantes apreciaram a Exposição ParÁfrica, um projeto fotográfico autoral que busca evidenciar a beleza negra dentro dos seus contextos diários, ressaltando a diversidade cultural do Pará.  

A Marcha das Mulheres Negras 2015 – Contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver vai ser realizada em Brasília, no dia 18 de novembro e reunirá mulheres negras de todo o país. A expectativa é que o Pará leve uma delegação com centenas de mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...