CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

II FECOSOL - ACAJU

Os grupos da Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores, estão desenvolvendo atividades, incluídas no calendário da II Feira de Economia Solidária e Amostra Cultural da Juventude, em programa entre os dias 12 - 13 - 14, em Santa Luzia do Pará. O tema deste ano é: JUVENTUDE EM REDE: Trabalho, Cultura e Agrobiodiversidade - com lema: COMERCIO JUSTO, ÉTICO E SOLIDÁRIO, no presente e no futuro.

A II FECOSOL – ACAJU esta formatada com atividades junto às bases de seus empreendimentos, ou seja, na comunidade e entre comunidades, nos espaços de atividades de formação, e a Feira, propriamente no período de 12 a 14 de dezembro. A construção da II FECOSOL-ACAJU, responde as demandas dos empreendimentos associativos e têm por objetivo:
Desenvolver ações em Rede com vistas a criar com e entre a juventude, trabalho e serviços cooperativos, que impulsionam valorizam e preservam a diversidade dos agroecossistemas e o consumo local no Território.

Divulgar o trabalho da Rede Bragantina no Território Nordeste Paraense, estimulando a adesão de associações e cooperativas e a organização de novas, para ampliar e fortalecer a Economia Solidária, o Comércio Justo no Território.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...