CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

quarta-feira, 17 de julho de 2013

VITORIA DO MOVIMENTO NACIONAL DA ECONOMIA SOLIDÁRIA


No dia 3 de julho foi aprovado, na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei da Economia Solidária (4685/2012), que instituiu a Política Nacional de Economia Solidária. O parecer do relator, o deputado Afonso Florence (PT-BA), foi aprovado unanimemente pelos outros parlamentares presentes. Este é o primeiro avanço do PL desde que foi apresentado a Casa em 2012 pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que é um dos autores juntamente com outros deputados.
A REDE BRAGANTINA, contribui para este importante passo da Economia Solidária, mobilizando centena de assinaturas em apoio a este projeto de lei.
O Brasil precisa seguir apoiando o direito ao trabalho associado e reconhecendo as práticas transformadoras de combate à exclusão social e à pobreza, como forma efetiva de construção do desenvolvimento com justiça social, participação política, equidade econômica e sustentabilidade ambiental”.
O PL segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e para a Comissão de Finanças e Tributação. Após ser aprovado na Câmara o PL segue para o Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...