CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

SAFs - INTERCAMBIO DA EDUCAÇÃO DO CAMPO

Neste final de semana, 18 e 19 de novembro, os jovens participantes do curso Agroecologia e Cidadania da escola ECRAMA, participaram do Intercambio: “Vivências e diálogo na educação do campo.” Esta atividade foi realizada no município de Tomé Açú, nas propriedades dos Agricultores Familiares José Maria da 4a região, Manoel do Carmo - comunidade de Santa Luzia, e do produtor rural e presidente da Cooperativa Mista de Tomé Açu, senhor Michinori Konogano. que se destacam pelos SAFs implantados a décadas em áreas de tamanhos diferentes. Acompanham o grupo os pesquisadores do Núcleo Puxirum Agroecológico – EMBRAPA Cpatu, Doutora Tatiana Sá e Doutor Osvaldo Kato.

Em Tomé-Açu os SAFs são formandos, basicamente, por cultivos de pimenta do reino, cacau, açaí e cupuaçu, combinados entre si e/ou com espécies frutíferas e florestais. As duas propriedades de A.F. visitadas, são ações concretas mostrando que o SAFs são opções interessantes e extremamente viáveis para o pequeno produtor, pois contribuem para a redução da pobreza rural, garantem a segurança alimentar e a conservação dos recursos naturais.     MAIS INFORMAÇÕES SAFs TOMÉ AÇÚ

 Grupo de jovens da ECRAMA em visita a propriedade do Sr. Michinore 


Grupo na propriedade do Sr. Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I MODULO CURSO AGROECOLOGIA E CIDADANIA 2019

De 18 a 22 de Março, a escola ECRAMA realizou o primeiro módulo do curso Agroecologia e Cidadania. Na IV edição deste curso, participam ...