CONSTRUINDO RELAÇÕES ÉTICA E SOLIDÁRIA ENTRE O CAMPO E CIDADE

Minha foto
A Rede Bragantina de Economia Solidária Artes & Sabores é constituída por 15 (quinze) empreendimentos associativos, atuantes em quatros municípios do Território Nordeste Paraense. Essa Rede tem como entidade de apoio e fomento, a Escola de Formação Para Jovens Agricultores de Comunidades Rurais Amazônicas - ECRAMA e o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA, que desenvolvem atividades de educação formal profissionalizante, educação não formal e continuada quanto ao Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais. Esta organização trabalha com princípios e práticas da Economia Solidária, tendo como objetivo: DESENVOLVER E FOMENTAR AÇÕES COLETIVAS DE PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E CONSUMO CONSCIENTE, COM HOMENS E MULHERES DO CAMPO E DA CIDADE, VALORIZANDO OS SABERES E A CULTURA DOS POVOS DO BIOMA AMAZÔNICO.

SEGUIDORES

domingo, 10 de março de 2013

ENSINO MÉDIO PROFISSIONALIZANTE EM AGROECOLOGIA


Em Novembro de 2012 a Escola ECRAMA obteve o registro no Conselho Estadual de Educação como primeira Escola de Alternância habilitada para funcionamento de ensino profissionalizante. Neste sentido estamos dialogando com a Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA e a Secretaria de Educação do Estado – SEDUC, e com as comunidades fazendo pré-inscrição para a primeira turma do ensino médio profissionalizante em Agroecologia.
Terão prioridade de inscrição nesta turma, jovens de comunidades remanescentes de quilombo dos municípios de Santa Luzia do Pará, Bragança, Cacheira do Piriá, Capitão Poço e Viseu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

XVI CONGRESSO DA SOCIEDADE INTERNACIONAL DE ETNOBIOLOGIA

O XVI Congresso da Sociedade Internacional de Etnobiologia, em conjunto com o XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia, será...